domingo, 13 de julho de 2008

Campos e as peles



Kate Bosworth e seu incrível casaco de pele certificada, da Fendi. Vale?


Fui passar o feriado em Campos de Jordão porque adoro o festival de inverno, o frio, os chocolates e porque, claro, as crianças adoram. O programa foi perfeito: vi Antonio Meneses e Rosana Lamosa na catedral e a orquestra do Rio sob regência de Minczuk no auditório. Comi e bebi muito chocolate. Andei muito de trem - o Bernardo adora. E fiquei de olho - sempre - na moda. E o que a mulherada mais usava por lá? Peles, my dear. Fakes e naturais - aprendi a diferenciá-las com a Gloria Kalil: se tem muito brilho, é sintética. Se é mais opaca (pode pensar no pêlo do seu gato ou cachorro), é verdadeira. Tinham as duas. Algumas horrorosas, com muito brilho e cara de pelúcia B. E as verdadeiras, que me deixam sempre dividida. Não como carne e sou, por princípio, contra qualquer coisa que provoque sofrimento nos animais. Mas confesso que, às vezes, acho pele glamourosa. Se bem que, em Campos, por mais frio que estivesse (e não estava tanto, 5,6 graus), fico pensando se não é um pouco brega usar pele. Enfim, sentimentos contraditórios tomaram conta de mim. E você o que acha? Peles fakes ou verdadeiras são chics ou bregas?

16 comentários:

Ana Valéria disse...

acho pele perigoso... uma linha tênue entre o chic e o bregão. em campos do jordão acho uó!
se é fake, que seja toda fake... acho bacana! se é de verdade, hummmmm...tem que se ter cuidado!
eu não uso!

denise disse...

Renata,
Eu também tenho sentimentos contraditórios com peles. Lá em Porto Alegre, nos meus tempos, as meninas faziam 15 anos e ganhavam um casaco da mãe. Comigo não foi diferente. Eu tenho um lindo de chinchila cinza, que vai até os joelhos. Usava também os casacos da minha mãe. Ela tinha um marrom e um preto, chiquérrimos. E, é claro, os das minhas irmãs. Um era uma jaqueta moderninha marrom e branco e o outro era como o meu, porém todo branco. Um luxo. No dia em que eu vi uma chinchila numa petshop, muitos anos depois, aqui em Sampa, desandei a chorar. Pra fazer o meu casaco, mataram umas 50, no mínimo. O veterinário ficou com dó da minha crise existencial pequeno-burguesa e revelou que graças aos casacos de pele, as chinchilas sobreviveram. Se não fossem as criações em cativeiro, elas estariam em extinção. O meu casaco? Continua no sul. Guardado em um armário....
Bjs
Denise

kinha disse...

Posso não saber nada de moda, mas sou completamente contra.
Acho que você consegue ser extremamente chique sem maltrata-los.

E mesmo fake, acho uma péssima combinação. Algumas tem um cheiro muiito ruim ;/

vivstiemi disse...

Não sou vegetariana, mas não como carne vermelha pq tenho dó. E confesso que tenho um casaco e uma estola no armário... herdadas, mas que nunca tive coragem de experimentar. Acho péssimo usar casaco de pele se vc não está em nenhum país ao norte da Finlândia.

Anônimo disse...

Apesar de morar em países frios com frequência e de ser ultra friorenta, casaco de pele não é a minha cara. De qualquer forma a discussão me lembrou de um artigo que li há pouco tempo num jornal australiano. Aparentemente, há uma campanha do governo canadense defendendo o uso de peles verdadeiras. O argumento é de que elas seriam mais ecológicas do que as sintéticas, pois são feitas a partir da pele de animais criados para esse fim (um recurso renovável). Já as peles sintéticas são feitas a partir de derivado de petróleo (recurso não-renovável) e sua produção seria uma atividade não sustentável que contribuiria muito mais para o aquecimento global! Olha que maluco! E irônico! Com argumentos escolhidos a dedo, a defesa de qualquer "causa" é possível.

Ana

Rosaly disse...

Bem, depende, sentimentos contraditorios são comuns, dependendo da oferta do quesito qualidade. Comprei um casaco de pele fake em New York, lindo de morrer. Parecia verdadeiro, fiquei com medo de sprays do Peta. Não estou falando daquela coisa "bicho de pelúcia vagabundo", brilhante e que faz espirrar só de chegar perto. Coisa cara e boa. Outro dia vi uma echarpe de pele verdadeira, linda, e lembrei da matança de animais, e dos horrores da caça no Canadá. Arrepiei. Mas me esqueci completamente da crueldade quando vi Lindsay Lohan, em seus momentos de bom gosto, não tão frequentes, usando um casaco de pele deslumbrante, em um site de moda internacional. Pus no meu blog, uma amiga me escreveu reclamando, revoltada. Moda tem seus movimentos involuntários, suas preferências contraditórias, tudo em nome do bom gosto e da elegância. Na propaganda de tendências efêmeras, dá para se entender tamanha contradição de quem põe moda no auto-falante.

Renata Piza disse...

Oi meninas, adorei os comentários. Ana, essa história do jornal é ótima, vou pesquisar mais sobre o assunto! bjs

Anônimo disse...

Renata,
Segue uma matéria que encontrei sobre o assunto.
http://www.cbc.ca/news/background/consumers/fur.html
Vejo que a campanha espertinha, que poderia colocar o "pessoal do aquecimento global" e os protetores dos animais em campos opostos, é do Fur Institute of Canada e não do governo canadense, como eu havia dito. Abraço,

Ana

Anônimo disse...

E mais: o Fur Council of Canada tem até um site intitulado Fur is Green! www.furisgreen.com

Lembrei daquele filme "Thank you for smoking"...

Ana

gija disse...

Pele, além de brega, é cruel.
quando pensar que é chique, lembre-se da condição em que esses animais vivem e são mortos. Acredito que assim você mudará seu pensamento...
Abç! :)

denise dahdah disse...

Sabe que eu tb fico com esta dúvida? Mas eu acho que é pq no Brasil não dá pra usar casaco de pele, fica engraçado mesmo, cafona. Não faz frio suficiente. É igual aqui em SP, quando a temperatura baixa um pouquinho e o povo já coloca sobretudo, tipo 17 graus e o povo encapotado, acho muito cafona...

Larissa disse...

Na maioria das vezes são, sim, super elegantes e esbanjam glamour, mas a que preço?
Por mais fabulosas que possam nos deixar, não valem o sofrimento que causam.
Admito que são lindas, mas sou completamente contra!!!
Para quem busca o efeito diva que elas causas, podem certamente encontrar nas sintéticas - essas, de melhor qualidade, são praticamente legítimas. As muito brilhosas ou meio breguinhas são as mais baratas, o fake do fake. Vale investir nas sintéticas 'high quality', que ainda sairão muito mais baratas do que peles reais. Cafona é sacrificar animais por desejo fashion.

larissa disse...

Pra quem se interessar em ver como são feitos na China

http://www.peta.org/feat/ChineseFurFarms/index.asp

(Porque, por incrível que pareça, tem gente que diz que é bobagem)

Vanessa disse...

Olá. Eu também sou vegetariana, e sou pq acho q n temos o direito de matar animais para estes nos servirem de alimento..ate pq se pensarmos bem nos não precisamos de comer animais para sobreviver..mas mais q isso, sou contra o uso de peles de animais..ontem vi um casaco lindíssimo e estavas prestes a comprá-lo, mas apercebi-me a tempo q era feito com pele verdadeira..e n comprei..o q eu quero dizer com isto é q n duvido q haja casacos muito bonitos feitos com peles de animais, mas ainda assim, eu acho q por mais bonita que possa ser uma peça de roupa feita com peles nós devemos fazer um esforço para pôr a nossa vaidade de lado e pensar no sofrimento que foi preciso causar a vários animais para se fazer aquela roupa..Eu ontem também tive sentimentos contraditórios mas n pensei duas vezes pq qnd eu soube q o casaco era feito com pele verdadeira decidi lg n o comprar..Eu acho q se alguém tiver estes sentimentos contraditórios deve tentar pôr-se no lugar dos animais q são mortos e aí tenho a certeza q não terá mais dúvidas, tal como me aconteceu ontem..e mais, eu sou muito mas mesmo muito vaidosa e adoro comprar roupa mas entre a minha vaidade e o respeito pelos animais escolhi a segunda opção..acho q devemos alertar as pessoas para isto pois a maior parte delas n tem conhecimento da crueldade a q os animais são submetidos..e assim pode ser q as pessoas reflictam sobre isto e deixem de comprar coisas feitas com peles verdadeiras.

lovewomaninfur disse...

acho fantastico mulher usando casaco de pele ai vai da cabeça de cada um os animais são criados para este proposito e hoje em dia a criação e o procedimento de abate é diferente de antigamente como mostrado em filmes antigos apresentados atualmente.

usem casacos qualquer fiozinho se enrrolem neles vc´s ficam poderosas e fantasticas, parabens mulheres que usam casaco de pele verdadeira ou sintetica sou facinado por vc´s.

bjs

Anônimo disse...

Fui à Buenos Aires este ano e comprei dois casacos de pele. Lindos! Foi por impulso, não pensei do que eram feitos! Somente quando meu marido viu e logo zombou "logo vc que gosta tanto de bicho foi comprar um casaco de pele... vc não tem dó?" Quase morri. Juro que no impulso consumista nem pensei, só os achei lindos e baratos! Paguei R$ 1.000,00 pelos dois. O que me consola é que são de coelho, e como disse uma amiga para me consolar "pelo menos os coelhos não são mortos somente por causa de sua pele". Ainda não os usei, não sei como vou me sentir, mas confesso, gostaria muito de descobrir que são "falsos" para poder usar sem culpa. Dá proxima vez, me certificarei que são peles sintéticas antes de comprar!