quarta-feira, 30 de julho de 2008

A pele é a nova bolsa



Entre a pele e a bolsa. Com qual você fica?


Estou obcecada com a minha própria pele. Não que ela tenha algum problema grave, mas, como nunca tratei muito da coitada e só agora encontrei "a" dermatologista (a fera e brava Carla Vidal), fiquei fascinada com a possibilidade de realmente ter a tal pele de pêssego. E dá-lhe tratamento. Ácidos, cremes, protetor solar (sempre), Skin Peel, laser. O investimento é peso-pesado, tipo uma bolsa - da Chanel!!! Por isso, criei essa teoria louca, que dá nome ao post. Mais vale uma pele boa e uma bolsinha mais ou menos, do que o contrário :)

7 comentários:

Fê Resende disse...

super me animei a marcar o retorno na minha dermato. arrasou na comparação com a bolsa (adoreeeeei!). super investimento bom porque a bolsa pode passar e a gente até se separa de vez em quando, mas a pele não sai da gentchy, né? =)
*
rê, desativa as letrinhas que cofirmam comentário? pra facilitar a vida de quem ama comentar aqui? pleeeease? =)

Claudia K disse...

ai, sei lá, temos de dar um jeito de ficarmos com a pele de pêssego e com a bolsa, de preferência uma Birkin, mas uma 2.55 já está ótemo!!!

Anônimo disse...

Renata,

Eu sempre cuidei da pele e quase nunca uso maquiagem. Talvez por isso nunca tenha sobrado grana pra um bolsa legal... Adorei a comparação!

Bjs

Denise

E.V.E. JE PENSEE QUE.... disse...

Eu tb concordo! E por falar nisso,tenho que voltar a cuidar da minha!

Ana Helena Miranda disse...

Concordo!Vale mais a pena investir na pele né? Bjão

denise dahdah disse...

Pele!Pele! A bolsa você sempre pode comprar depois, a pele não!

Marília disse...

O ideal é ter ambos, não? Mas se for pra escolher, pele, com certeza.