segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Top 10 SPFW

1. Huis Clos – é sexy, é chic, é fresh. As mesmas roupas impecáveis, em versão fetichista à La Helmut Newton. Objeto de desejo: vestido de veludo com pele fake de raposa. Aliás, as peles são um case à parte – prova de que dá para fazer sintético de alta qualidade.
2. Alexandre Herchcovitch – calças duplas que parecem sobrepostas, casacos 3 em 1, sobreposição, paetês. Do caos surge a ordem fashion: abusar de texturas, surpreender. Os casacos e as calças são must-have.
3. Osklen – e Oskar Metsavath fez o moletom... que aparece de mil e uma maneiras. O meu preferido? O vestidinho justo com ombros em evidência (sei, estou obcecada!).
4. Gloria Coelho – adoro as calças bem justas (tem de ser magra que dói, mas fica linda!). Os vestidos com anquinhas são uma graça – será que vai ter alguma festa à altura?
5. Neon – é divertido, é sofisticado, é bonito. Achei puro sonho retrô o vestidinho com armação de barbatanas e adorei o macacão com uma perna estampada e uma de paetê.
6. Cori – masculino x feminino. Detalhes coloridos preciosos.
7. Iódice – força feminina! Achei bem bacana ver a evolução da marca, os novos terninhos em seda, os ombros bem marcados, a imagem sexy very 80´s.
8. Isabela Capeto – é o artesanal de sempre, com uma força nova.
9. Maria Bonita – os paletós enormes são tudo de bom – devem ficar uma graça com vestidinhos do mesmo comprimento. As peças deslocadas de suas funções (calça que vira vestido e assim por diante) são pura diversão fashion (eu, aliás, adoro subverter a ordem e usar saias como blusas, cintos como colares etc)
10. Ronaldo Fraga – porque foi emocionante e porque moda não é só roupa – é sonho, é fantasia e, quando boa, nos faz até chorar!

Um comentário:

Sarah Alcântara disse...

Ah os paletós da Extra são uma graça... Renata e eu tentei os paletós, é muito difícil de usar, me achei super estranha. Fiquei tristíssima. :(