sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Happiness



Fendi: tela branca para a imaginação!

Pode ser influência de Goldfrapp (amo!!!) ou de Alain de Botton, com sua Arquitetura da Felicidade. Não importa. O que importa é que, embora a moda ande sisuda e classuda, cada vez mais consumidores querem encontrar a tal da felicidade - ou pelo um fragmento dela - bem ali, na prateleira. Vem daí a macrotendência "Nice", mapeada pelo WGSN (sempre ele!). Parece que lá fora já estão rolando várias inciativas para deixar a vida nossa de cada dia assim, mais alegrinha. O kitsch é uma faceta desse fenômeno. O faça você mesmo é a outra. A Fendi, por exemplo, lançou uma edição comemorativa dos 10 anos da bolsa baguete em versão branca. Até aí nada demais. O detalhe é que a bolsa vinha com um kit para cada um pintar e bordar à vontade. O que vende é a idéia lúdica, quase infantil. Fazer rir virou a nova subversão. Shopping como terapia?

Um comentário:

denise dahdah disse...

Amei a idéia. Tem coisa mais chique do que uma Fendi colorida pela gente mesmo?